quinta-feira, 17 de agosto de 2017

50 Atitudes que prejudicam o ministério de adolescentes na igreja local


50 Atitudes de pessoas que trabalham com adolescentes na igreja que podem prejudicar o ministério.

1) Não refletir antes de agir e falar. Tomar decisões 100% pela emoção. Precipitado. 

2) Domado pelo ativismo na igreja e não investe na própria vida espiritual. 

3) Não tem planejamento e faz atividades de improviso.

4) Fala mal dos outros, fofoqueiro, gosta de confusão.
5) Dificuldades para lidar com dinheiro e prestar contas. 

6) Comunica aos adolescentes uma atividade que ele planejou sem antes falar com a liderança/pastor. 

7) Não sabe ouvir conselhos e opiniões,  principalmente contrários ao que pensa.

8) Falta de humildade, é arrogante.  Às vezes gosta de medir for
ças só para mostrar quem manda.
9) Deixa transparecer seus descontentamentos relacionais ou ministeriais para os adolescentes gerando contendas e partidarismos no grupo.
10) Não sabe diferenciar os momentos de ouvir a opinião dos adolescentes e o momento de definir e decidir algo para o grupo. Essa atitude gera confus
ão por coisas banais, envolvendo os adolescentes.
11) Confundir autoridade com tratar mal os adolescentes e equipe.
12) Fazer acepções no modo de tratar os adolescentes. 

13) "Trocar-se" com os adolescentes levando tudo para o pessoal e assim envolvendo-se em discussões e intrigas com eles. 

14) Competir com os outros na igreja porque quer se sobressair para mostrar a si mesmo.
15) Ser "Para-raios": achar que tudo e todos são contra ele. Inclusive esse post.  

16) Pensa que todos têm a obrigação de suportar o péssimo temperamento dele e não se esforça para mudar. 

17) É instável e geralmente não dá conta das obrigações que lhe são confiadas. Sempre tem uma desculpa ou nem sequer justifica.
18) Não gosta de ler. Inclusive a Bíblia! 

19) Não é confiável. Comenta em casa ou com amigos aquilo que ouve do grupo.
20) Quando é chamado à atenção, ao invés de olhar para si, compara seu erro com os dos outros justificando ou compensando os seus.
21) Não lê, nem assiste ou examina com antecedência algo que passará para os adolescentes. 
22) Assume um papel como pai ou mãe dos adolescentes extrapolando suas responsabilidades. 

23) Não compreender que os adolescentes são responsáveis por suas escolhas por mais que sejam ensinados e aconselhados. Eles decidirão sobre o crer e o obedecer. Ninguém decide por eles!

24) Viver se culpando por tudo. Não acredita que é capaz. 

25) Achar que é um fracassado porque há adolescentes que se decidem não mais servir a Deus e saem da igreja.  Mesmo tendo feito todo o possível para orientá-los. 

26) Usa a Palavra de Deus, mas não se sujeita a ela. 

27) Sabe como ajudar a liderança e grupo, mas se omite só porque pensa estar apenas para "ajudar" ou meramente "fazer sua parte e pronto". É do "Cada um na sua" ou do Se vira. Pode fazer o bem e não faz!

28) Mal ouve algo e já sai soltando raios e trovoadas, seja pessoalmente ou pior, pelas redes sociais, grupos de whatsapp etc. 

29) Escandaliza-se com tudo.
30) Vive ouvindo conselhos e opiniões,  chega até a reconhecer que precisa tomar novas atitudes, mas continua agindo do mesmo jeito. Não amadurece.  

31) Não sabe usar as redes sociais.  

32) Achar que é Deus (pensa que é ele quem salva, convence e transforma os adolescentes).  

33) Não conhecer as capacidades e instabilidades dos adolescentes. 

34) Não usa suas dificuldades e lutas pessoais e familiares para amadurecer e crescer, mas faz delas entraves para desempenhar o ministério. É inconstante!

35) É incrédulo e/ou egoísta.  

36) Brinca o tempo todo e os adolescentes nunca sabem quando ele leva algo a sério. 

37) Não ora, nem busca conhecer as necessidades do grupo.  Mas quer achar algo todo pronto e apenas aplicar sem objetivos a alcançar.  

38) Vive se comparando com os outros.  

39) Não se comunica com o pastor ou não respeita hierarquia na igreja. 

40) Isola os adolescentes dos demais grupos da igreja. Quer competir com outros grupos para destacar a si mesmo.
41) Não sabe trabalhar em equipe. Não promove o crescimento dos outros temendo "ofuscar a si mesmo". 

42) Não tem discernimento sobre o que diz aos adolescentes.  Nem sempre a opinião pessoal ou concepção própria é pertinente para ser exposta aos adolescentes, principalmente se esta contrapõe a liderança e igreja local.  

43) Ser invejoso.
44) Não respeitar a equipe com que trabalha, subestima e ofende os outros.
45) Desconsidera a liderança tomando decisões sem consultar. Ignora o líder.
46) Não se compromete,  vive criticando para se promover em detrimento dos outros. E quando recebe uma responsabilidade nem sempre cumpre.

47) Ao invés de chamar em particular e orientar, chama a atenção das pessoas na frente dos outros.
48) O que é na igreja não condiz com o comportamento fora dela.
49) É iracundo.
50) Confunde trabalhar com os adolescentes agindo como adolescente.

www.ministerio-c-adolescentes.blogspot.com

sábado, 1 de julho de 2017

PAVI- 28 Anos & Blog Ministério Adolescentes - 6 Anos!


Neste mês de julho/2017 nossa querida missão PAVI - Preparando o Adolescente para a Vida faz 28 anos. Louvamos a Deus por seu favor e grande privilégio pelas oportunidades no servir para a salvação e edificação de adolescentes. Alegrem-se conosco, pois nosso Deus é bom e sua misericórdia é para sempre! Somos gratos e oramos pela vida de todos aqueles que intercedem e contribuem em favor de nossa caminhada nesse ministério que tanto amamos.
--> Nosso querido Blog Ministério Adolescentes também completa 6 anos neste mês de julho. Louvado seja Deus por tudo! http://ministerio-c-adolescentes.blogspot.com.br/ 

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Pesquisa (27/2 a 6/3 de 2017).

Caríssimos, solicito um pouco da atenção de vocês para uma pesquisa rápida durante esta semana (27/2 a 6/3 de 2017) que certamente será de grande valia para melhor servir os ministérios de adolescentes.
Você pode participar:
1)                    Escrevendo para o e-mail ministerio.c.adolescentes@gmail.com

2)                             Através do espaço comentários ou por mensagem privada na page do Facebook Ministério Adolescentes – Blog Colaborativo 

3)                           Através do espaço comentários ou por mensagem privada no perfil do Facebook Ministério Adolescentes Pavi Nordeste

4)                              Ou no espaço para comentários aqui mesmo no Blog. 

Grata por sua atenção e participação!

PERGUNTA:
- Você líder, professor de EBD, regente de conjunto, pais de adolescentes, escreva sobre quais suas maiores dificuldades no trabalho de/com adolescentes?

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Marcadores/Abas para Bíblia


Olá,

Que tal caprichar e deixar sua Bíblia bem bonita com marcadores coloridos? Pois bem, estou partilhando uns com vocês. Alguns modelos em pdf já estão prontos, basta imprimir usando folhas de papel adesivo. Também disponibilizo no formato imagem PNG com o fundo transparente para você imprimir no papel que desejar, como papel Collor Set, Scrapbook ou outro formato, contanto que seja no tamanho, gramatura e espessura compatíveis para imprimir na impressora e não fiquem muito pesadas para as páginas da bíblia.

Basta clicar nos links abaixo e salvar em seu computador, imprimir, Recortar e colar na sua Bíblia. Use preferencialmente papel adesivo, pois assim não precisará usar cola em sua Bíblia. 

Com carinho, 
Abraços,
Janaína Costa. 




MARCADORS E LINKS (BASTA CLICAR E BAIXAR, SALVE EM SEU COMPUTADOR)


1) MARCADOR MODELO PADRÃO FLORAL 1 - CLIQUE AQUI PARA BAIXAR

2) MARCADOR MODELO PADRÃO FLORAL 2 - CLIQUE AQUI PARA BAIXAR

3) MARCADOR MODELO PADRÃO VARIADOS - CLIQUE AQUI PARA BAIXAR


4) MARCADOR MODELO QUADRADO PÁSSAROS - CLIQUE AQUI PARA BAIXAR

5) MARCADOR MODELO QUADRADO FLORAL AZUL - CLIQUE AQUI PARA BAIXAR

6) MARCADOR MODELO QUADRADO FLORAL ROSA - CLIQUE AQUI PARA BAIXAR




ABAIXO Seguem OS MOLDES COM FUNDO TRANSPARENTE, BASTA QUE CLIQUE NA IMAGEM, APERTE O BOTÃO direito DO MOUSE E SALVE A IMAGEM EM SEU COMPUTADOR, E IMPRIMIR NO PAPEL QUE DESEJAR EM SUA IMPRESSORA.

MODELO 1 PADRÃO:







MODELO 2 - QUADRADO






quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Versículo da Semana: Salmo 119.6


Neste mês de fevereiro/17 trabalharemos com a Série sobre o Salmo 119 nos mais variados aspectos. E postaremos os versículos semanais em destaque, assim como os demais recursos, reflexões etc, que forem desenvolvidos. Acompanhe, esse salmo é maravilhosamente rico e edificante!

Folha para planner mensal - Fevereiro 17


Gosto de fazer uma folha planner mensal para afixar num local visível e assim ter uma visão geral do mês, anotar para recordar das atividades mais importantes do dia. Fiz a minha para fevereiro e estou disponibilizando para vocês. Quem quiser, basta salvar, imprimir, anotar suas principais atividades e afixar num local para lembrete. Ah, também serve para anotar os NOMES DOS aniversariantes etc. Pode usar no mural da Escola bíblica ou reuniões do ministério para as anotações e Usar com os lembretes e nos locais que preferir. http://ministerio-c-adolescentes.blogspot.com.br/

domingo, 29 de janeiro de 2017

Adolescência e volta às aulas!


Adolescência e volta às aulas!



Logo todos os pré-adolescentes e adolescentes retornam para as aulas. E começo de aula é sempre aquela expectativa, eu me lembro muito bem (risos): cadernos novos, estojos, lápis. Cabelo, adereços ou qualquer coisa que queremos ser e ter como novidade para os colegas. Tudo muito natural para essa idade. A ansiedade fica nas nuvens... A gente quer ter algo novo para apresentar e receber elogios. Contudo, mais diretamente ligado às meninas, há uma particularidade: "a competição" e as comparações, sim, algumas têm mais, outras menos, algumas têm as canetas e estojos, agendinhas, bolsas e tudo mais foto e da última moda, enquanto outras têm o básico do básico. E agora? Devemos aconselhá-las muito bem quanto a isso, enquanto infelizmente há pais que agem passando valores fúteis, outros devem preparar seus filhos para lidar com essas diversidades de valores, nos relacionamentos e temperamentos que seus filhos encontrarão.

É preciso que cada um saiba viver na medida de suas posses com equilíbrio, não há nada de absurdo em querer tem variedades e do bom e melhor, mas nada de exageros e também nada de invejar os outros, nada de hostilizar uma colega porque ela tem isso ou aquilo, assim como não menosprezar quem pouco tem. É preciso compreender e saber respeitar cada pessoa em sua pessoalidade, saber compartilhar, dividir, trocar, relacionar-se com os outros nos mais diversos níveis sócio, econômico, religioso e cultural.

Trabalhar temas importantes como a autoestima, humildade, empatia, solidariedade, amor próprio, respeito etc, são imprescindíveis. Não apenas no contexto da teoria, mas acompanhando o dia a dia dos filhos e aplicando aos fatos e realidades pontualmente ocorridos. Será mais eficaz se eles forem também instruídos diante de suas vivências diárias.

ELES DEVEM COMPREENDER QUE NÃO DEVEMOS DEFINIR OU CLASSIFICAR PESSSOAS PELO QUE ELAS TÊM, MAS CONHECÊ-LAS E PERCEBÊ-LAS COMO ELAS REALMENTE SÃO. Assim como eles não devem se definir a partir dos outros, do que os outros acham ou digam a respeito deles. SOMOS SERES HUMANOS E NÃO COISAS. COMO JESUS TRATAVA E LIDAVA COM OS OUTROS EM TODA A DIVERSIDADE POSSÍVEL? Jesus é o padrão para ensinarmos sobre relacionamentos!

Outro ponto importante que os pais devem ficar atentos: os livros didáticos e as práticas pedagógicas em sala de aula. Obviamente que não poderemos (e nem coerente) "queimar todos os livros indesejáveis na praça", também não será possível de ter apenas os livros que desejamos do modo que realmente queremos. Sem pânico ou exageros.

Contudo, é preciso preparar os filhos para lidar com as informações que encontrarão no decorrer das aulas, tarefas, trabalhos, atividades. Isolar, armar de ódio e terror não são atos prudentes, vejo adolescentes cujos pais criam um ciclo de terror e pânico sobre o mundo, isso prejudica e gera nos adolescentes mais ansiedade e estresse, além disso, os adolescentes passam a ter sérias dificuldades de relacionamentos e concentração em sala de aula. Coerência, equilíbrio e sabedoria são fundamentais para instruir os filhos nesses e em todos os contextos da vida. Não nos conformamos com o mundo, mas somos transformados pela renovação de nossa mente... disso sabemos, e é uma mente transformada por meio da Palavra de Deus que nos proporciona sabedoria e discernimento, assim como todas as virtudes espirituais que carecemos, como o domínio próprio, a mansidão, a paz, o amor, a bondade, a benignidade e todo o mais para uma vida abundante em Deus e se relacionar com o próximo. Fundamentar a fé, aplicar a Palavra para vida deles no dia a dia, procurar conhecer a si mesmo e compreender o mundo que vivemos com clareza e sem demonizar ou relativizar, nem demasiadamente sábio, nem tolo, mas adequadamente.

Tudo isso, e muito mais, exigirá dos pais: tempo, paciência, tolerância, planejamento, organização, oração, estudo da Palavra, leitura sobre o mundo e as coisas que a faixa etária de seus filhos ouvem, gostam, assistem. Não se escandalizarem ou criarem impedimentos à comunicação com os filhos. Sem darmos tempo para tanto, não poderemos prepará-los para a vida.

Esses cuidados e outros, aplicam-se também aos juvenis que iniciarão sua nova jornada nas universidades e faculdades, o cuidado dos pais não deve cessar porque já estão começando um curso superior, a diligência e cuidado necessários precisam continuar com amor e equilíbrio sem negligenciar a atenção adequada.

> Algumas perguntas para despertar reflexão:

- Quanto tempo seus filhos estarão na escola semanalmente?
- Quanto tempo seus filhos estarão em casa e de preferência em sua companhia, durante a semana?
- Quanto tempo seus filhos terão na igreja e em contato com a instrução bíblica adequada, durante a semana?
- Como o tempo de seus filhos está organizado, há excesso de atividades? Sua rotina elaborada está adequada para sua idade e necessidades?
- Diante de todo o tempo que foi definido nas questões anteriores, quem ou onde seus filhos estarão por mais tempo?

Então, diante das respostas, você observará a importância da qualidade do tempo que seus filhos deverão ter com vocês, em casa e na igreja.
Bom retorno às aulas para todos!
http://ministerio-c-adolescentes.blogspot.com.br/